segunda-feira, 20 de junho de 2011

Sabonete facial hindrata e protege a pele


Para quem pensa que sabonete facial apenas limpa e perfuma a pele, atenção: o produto pode oferecer outras vantagens. Além da higienização, ajuda a controlar a oleosidade, contribuindo para um toque sedoso e macio. Atualmente, o mercado oferece uma série de variações do produto: alguns contêm filtro solar na fórmula, outros têm agentes antioxidantes.


De acordo com a dermatologista Célia Kalil, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, não se pode confundir um sabonete comum com uma versão feita especialmente para o rosto. "Um sabonete facial deve conter substâncias que tenham poder de adstringência e consigam fazer uma limpeza mais adequada da pele", ensina a especialista.


Para peles mais oleosas, o poder de adstringência deve ser maior. Para as mais secas, é o oposto. "Há que se optar por um sabonete facial com pH o mais próximo possível da neutralidade, para não agredir a pele e deixá-la mais seca", explica Célia, acrescentando que existem dois tipos de produtos: os formulados e os comerciais. Em ambos os casos, encontram-se as versões cremosa, sólida (em barra), líquida ou em gel. "Quem tem a pele seca deve optar pelos cremosos. Já as oleosas devem ser tratadas com as outras versões", lembra.


Mas o sabonete facial pode ser usado em qualquer época do ano? Para Marcela Teso, farmacêutica da Naturativa, sim. "Se a pele tiver tendência à oleosidade, pode ser que a consumidora tenha necessidade de usar um sabonete específico para combater o excesso de óleo nos meses mais quentes. No inverno, a pessoa deve preferir um sabonete com propriedades hidratantes", afirma.


O dermatologista Adilson Costa ratifica que é preciso tomar certos cuidados ao utilizar o sabonete facial. Primeiro, recomenda que não se lave o rosto mais de duas vezes por dia: "Existem tipos diferentes de sabonetes para diferentes tipos de pele. O que não se pode fazer é usar um produto de pele oleosa em uma pele seca, o que irá ressecá-la ainda mais. Também não se deve usar um sabonete para pele seca em uma oleosa, o que poderá causar mais oleosidade, com tendência à formação de acne".

Trocar ou não trocar?
Todo mundo conhece os benefícios do produto, mas uma dúvida costuma perseguir as consumidoras: é importante trocar o sabonete facial de tempos em tempos? A farmacêutica Paula Cavalcanti, da Dermatus, diz que não: "Você pode utilizar o mesmo sabonete durante anos. No entanto, se a pele apresentar alguma alteração de oleosidade ou ressecamento, ou, ainda, qualquer outro problema, a troca do produto pode ser recomendada".
Para as peles acnéicas, a especialista recomenda cuidado. "As peles nesse estado necessitam de produtos que façam a remoção da oleosidade excessiva, com ação anti-inflamatória, antibacteriana, cicatrizante, contribuindo para a desobstrução dos poros", completa.

Antes de escolher o produto, é importante consultar um especialista. Essa é a opinião do dermatologista Jauru de Freitas, especializado em tratamentos anti-idade, da clínica de estética Life Place, no Rio. "Muitas vezes, saber exatamente qual tipo de sabonete facial deve ser usado é difícil, devido aos inúmeros tipos existentes no mercado e às características da pele de cada pessoa. A forma mais fácil de descobrir é consultar um dermatologista para uma correta avaliação da pele e indicação do produto mais adequado", justifica.

Célia Kalil dá uma informação interessante: um sabonete facial pode ter bons resultados no resto do corpo. "Para o corpo, o ideal é passar um sabonete que seja mais hidratante, com ação emoliente. Contudo, o sabonete facial adstringente, por exemplo, é recomendado para pessoas com a região do tórax e costas acnéicas", explica. Quanto às matérias-primas mais benéficas, ela indica a glicerina e a camomila, que caem bem em qualquer tipo de pele.


Substâncias salvadoras
Já está mais do que claro que, para cada tipo de cútis, é necessário um sabonete específico. Agora, as pessoas mais maduras devem prestar ainda mais atenção. "O cuidado deve ser dobrado, há que se evitar passar no rosto o sabonete para o corpo, que é muito abrasivo, com substâncias que ressecam as peles mais sensíveis", alerta Marcela Teso, da Naturativa. Ela acrescenta: "Na formulação do produto para o corpo, os surfactantes (substâncias de efeito detergente) são mais agressivos que no sabonetes faciais."



SERVIÇO

1 - Dermage - 0800 024 1064
2 - Dermatus - (21) 2522-0895
3 - Life Place Saúde e Estética - (21) 3495-5990
4 - Naturativa - (21) 2102-0202

bolsademulher

3 comentários:

  1. parabéns pelo topico... vou ate anotar essa dia ai...parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu prefito mesmo esses sabonetes excusivos para a face,

    ResponderExcluir